POLÍTICA

Dividida, oposição tentará definir tática às vésperas de votação

A oposição ao presidente Michel Temer vai fazer uma reunião no dia 1º de agosto, às vésperas da votação da primeira denúncia contra o peemedebista na Câmara. Divididas, as siglas que são contra o governo esperam chegar a um consenso sobre como agir no dia D.
 
De acordo com a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo, membros do PCdoB defendem marcar presença e pronunciar voto contra o peemedebista, mesmo sabendo que não haverá número para aceitar a denúncia de Rodrigo Janot. Integrantes do PT, por sua vez, pregam a obstrução da sessão. 
 
Os adversários do presidente precisariam de 342 votos para autorizar a abertura de ação penal contra Temer. ( Luciano Reis & Bnews )

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.