POLÍTICA

Malafaia diz que saída de Jair Bolsonaro do PSC será “um tiro na cabeça”

Foto: Reprodução/Cligo
O pastor Silas Malafaia vem comentando sobre as eleições presidenciais do próximo ano com bastante frequência, e já demonstrou acompanhar com empenho a trajetória de dois possíveis candidatos: Jair Bolsonaro (PSC) e João Dória (PSDB). O primeiro ensaia uma troca de partido, o que seria um erro na visão do líder evangélico assembleiano. Comenta-se nos bastidores da política que Jair Bolsonaro estaria planejando uma mudança do PSC para o PSDC, onde seria recebido com liberdade para organizar o partido em torno de sua candidatura ao Palácio do Planalto. Malafaia, no entanto, considera que esse pode ser um erro crucial da parte do deputado federal. “Se fizer isso, Bolsonaro não vai dar um tiro no pé, vai dar um tiro na cabeça. Mas, pensando bem, é bom para o ser humano lidar com a contrariedade. Ele faz tudo sozinho, precisa se deparar com o contraditório. Se ele não consegue lidar com coisas pequenas, como dialogar com partido, imagine com as grandes questões”, ponderou o pastor, que é amigo do presidenciável. Silas Malafaia preferiu ignorar as desavenças de Bolsonaro com o presidente do partido, pastor Everaldo Pereira, que foi candidato em 2014 e apresentou um discurso liberal em termos de economia. Na entrevista ao jornalista Bruno Góes, do jornal O Globo, o pastor admitiu que Bolsonaro tem grande apreço do eleitorado evangélico por sua postura firme, conservadora e contundente no que se refere ao combate à criminalidade, mas disse entender que o prefeito de São Paulo, João Dória, pode demonstrar maior capacidade política para tocar o país.



Da redação Luciano Reis Notícias, com site Cligo 

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.