Última Hora

Morte de Antônio Carlos Magalhães completa 10 anos nesta quinta; ouça matéria especial

Morte de Antônio Carlos Magalhães completa 10 anos nesta quinta; ouça matéria especial

Mesmo após uma década, é difícil esquecer a morte de um dos mais marcantes, importantes e, sem dúvida, polêmicos personagens políticos da história recente do Brasil. Antônio Carlos Magalhães morreu em 20 de Julho de 2007. O prefeito do século, governador, senador. Um homem de quem se pode dizer muitas coisas, mas não que não se dedicou à Bahia.
Antônio Carlos Magalhães entregou-se à vida pública de corpo e alma e protagonizou episódios fundamentais da política na Bahia e no Brasil. Nascido em Salvador, na Ladeira da Independência, no bairro de Nazaré, em 4 de setembro de 1927, filho de Francisco Peixoto de Magalhães Neto e Helena Celestino Magalhães.

Muito cedo, ACM mostrou interesse pela vida pública. Aos 18 anos assistia nas férias todas as sessões da Assembleia que conseguia. Antes disso já trabalhava no jornal Estado da Bahia, e aos 24 anos tornou-se redator de debates da Assembleia Legislativa do estado. Àquela altura já tinha mais prestígio na Casa do que muitos deputados. Quando formou-se em Medicina, em 1952, já era jornalista profissional, mas foi à vida pública que se dedicou de corpo e alma. ( Luciano Reis & Metro 1 )

Nenhum comentário