Última Hora

Após quase 5 horas de depoimento, Joesley deixa a PF

O empresário Joesley Batista prestou esclarecimento nessa quarta-feira (9), a Polícia Federal, sobre o inquérito que investiga a venda de ações nos dias que antecederam a notícia sobre o acordo de delação da JBS e as aplicações no mercado de câmbio.
 
Joesley afirmou a PF que “não tinha como saber a data da divulgação (da delação) nem a extensão do impacto sobre o preço das ações."
 
De acordo com o Ministério Público Federal, os controladores da JBS podem ter evitado a perda de R$138 milhões com a venda de ações às vésperas de os executivos da empresa assinarem acordo de delação premiada. A operação é conhecida como crime de insider trading, o uso indevido de informação privilegiada para obter ganhos no mercado financeiro.
 
No mesmo processo, o irmão de Joesley, Wesley Batista, prestará depoimento na tarde desta quarta-feira em São Paulo. ( Luciano Reis & Bnews )

Nenhum comentário