POLÍTICA

Renan nega que PMDB tenha fechado questão a favor de Temer na Câmara

Renan nega que PMDB tenha fechado questão a favor de Temer na Câmara

Após o início da sessão que deve votar a admissibilidade da denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer, no plenário da Câmara dos Deputados, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), ex-líder do partido no Congresso, afirmou que o PMDB não fechou questão para salvar o mandato do correligionário. "Nunca houve fechamento de questão no PMDB. Evidentemente que vai haver dissidência na bancada do PMDB.", declarou o senador em entrevista à rádio CBN.
A declaração contraria o anúncio feito na última terça-feira (1) pelo presidente da legenda, o senador Romero Jucá (RR). Pelo Twitter, ele declarou que o partido fechou questão em relação à denúncia contra o presidente Temer e chegou a ameaçar os dissidentes: "Reafirmo que, como presidente do partido, qualquer ato em contradição a essa decisão sofrerá consequências", escreveu. Mesmo com a afirmativa, a bancada na Câmara não está afinada com essa determinação, dentre eles, Sérgio Zveiter (PMDB-RJ) que foi o primeiro relator da denúncia na CCJ, que foi derrotado e preterido por um parecer favorável a Temer. ( Luciano Reis & Metro 1)

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.