Última Hora

Secretário promete reforço em policiamento em toda Bahia após ameaças de traficantes

Secretário promete reforço em policiamento em toda Bahia após ameaças de traficantes

Membros da alta cúpula das Secretarias de Segurança Pública (SSP-BA) e de Administração Penitenciária (Seap) fizeram uma reunião de urgência para avaliar o policiamento em regiões afetadas por ameaças de traficantes no interior do estado. O encontro aconteceu no Centro de Operações e Inteligência, no Centro Administrativo da Bahia, nesta sexta-feira (11). Após a reunião, o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, destacou que o policiamento já foi reforçado na capital baiana, em bairros como São Cristóvão e Boca do Rio, e em cidades próximas a Alagoinhas e Catu.
Em entrevista coletiva, ele afirmou que a ação é uma resposta ao crime organizado, que promoveu ameaças após a morte do traficante Marcelo Batista, o "Marreno", apontado como líder da facção Bonde do Maluco. "Estamos aqui para levantar essas informações e apurar a procedência ou não disso ou se são notícias espalhadas para trazer uma sensação de insegurança. Estamos a postos, com todas as nossas tropas especializadas da Polícia Militar e da Polícia Civil, seja com o Bope (Batalhão de Operações Especiais) ou com a Patamo ( Companhia de Patrulhamento Tático Móvel), o COE da PC (Centro de Operações Especiais da Polícia Civil), com todas as unidades ordinárias e especializadas aptas a receber a população a qualquer hora do dia ou da noite da semana ou o tempo que for necessário", afirmou Barbosa.
Alberto Maraux/SSP
Ainda de acordo com o secretário, medidas já estão sendo tomadas para o enfrentamento das facções e garantir uma "resposta à altura" aos criminosos. "Reforçamos o policiamento nessas áreas e também na região metropolitana, em especial na da dita facção, que teve um dos seus líderes morto nessa semana, exatamente para mostrar que o estado está presente e estará presente, adotando as medidas necessárias", disse.
A reunião também teve a presença do secretário da Seap, Nestor Duarte. De acordo com Maurício Barbosa, a presença do representante da pasta é de fundamental importância para mapear se as ameaças partiram de dentro dos presídios espalhados pela Bahia. "A nossa avaliação teve um ingrediente a mais, até pelo convite feito ao secretário Nestor Duarte, para que a gente tenha todas as informações necessárias para o mapeamento de possíveis ações que estão sendo colocadas e difundidas nas redes sociais, ou até mesmos por pessoas armadas de alguns bairros", declarou o secretário, que disse esperar uma integração com a Seap no enfrentamento do problema. "A gente já tem informações do sistema prisional. Sabemos que algumas lideranças das facções estão hoje dentro do sistema. É importante que a gente tenha essas informações para que tenhamos total coordenação entre as secretarias para que, havendo alguma necessidade de fazer alguma revista ou atuação, a gente já esteja integrado com a Seap", finalizou. ( Luciano Reis & Bnews )

Nenhum comentário