Acusado de matar namorada em Itapuã alega tiro acidental - Luciano Reis Notícias
Acusado de matar namorada em Itapuã alega tiro acidental

Acusado de matar namorada em Itapuã alega tiro acidental

Share This
Acusado de matar namorada em Itapuã alega tiro acidental

Acusado de ter matado a namorada, a estudante Andrezza Victória Santana Paixão, de 15 anos, Adriel Montenegro dos Santos, 21, alegou que o crime, ocorrido em abril deste ano, no bairro de Itapuã, foi um acidente. Ele prestou depoimento na tarde desta segunda-feira (25), no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde se apresentou acompanhado do advogado.
Com prisão temporária decretada, Adriel, o Cinco de Copas do Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública (SSP/BA), contou à delegada Rosimar Malafaia, coordenadora da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico), que ao sair do banho se deparou com a ex-namorada apontando a arma em sua direção. Ele teria tentado pegar o revólver calibre 38, que já estava engatilhado, da mão da estudante, quando houve o disparo.
Foragido desde o dia do crime, Adriel, que já tem passagem por porte ilegal de arma de fogo, viajou com caminhoneiros por diversas capitais durante esse período descarregando caminhões. Segundo a polícia, ele informou à delegada que após o crime teria vendido a arma na Feira do Rolo, mesmo local onde a adquiriu, pelo valor de R$ 1 mil. Apesar de alegar que o tiro foi acidental, o jovem disse que fugiu porque ficou com medo de ser preso. Após prestar depoimento, o jovem seguiu para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde foi submetido a exame de lesões corporais.
Em seguida, ele será encaminhado ao Complexo Policial da Baixa do Fiscal, onde ficara à disposição da Justiça até a conclusão do inquérito. Ao final da investigação, será definido se o tiro que matou Andrezza foi acidental ou não e a prisão preventiva de Adriel poderá ser decretada. ( Metro 1 )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

TESTE MONERO Luciano Reis Noticias