Última Hora

Assessor do ex-ministro do Turismo foi roubado após receber R$ 200 mil em propina

[Assessor do ex-ministro do Turismo foi roubado após receber R$ 200 mil em propina]

Um relatório da Polícia Federal (PF) indica que R$ 100 mil em dinheiro de propina paga pelo empresário Lúcio Funaro ao ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, teriam sido roubados durante um assalto em 2013. As informações foram publicadas pelo Uol.
Segundo o documento, o roubo aconteceu um dia depois de Funaro ter repassado R$ 200 mil a um ex-funcionário de Henrique Alves (PMDB-RN).
De acordo com a PF, as planilhas de Funaro indicam que, no dia 12 de junho de 2013, R$ 200 mil em espécie foram pagos a Henrique Eduardo Alves, então presidente da Câmara dos Deputados, por meio de um assessor chamado Wellington. O dinheiro teria sido entregue diretamente a ele em São Paulo.
No dia seguinte, 13 de junho de 2013, Wellington Ferreira da Costa, então assessor de Henrique Eduardo Alves, registrou um boletim de ocorrência junto à Polícia Civil do Distrito Federal alegando ter sido vítima de um assalto no qual homens armados levaram R$ 100 mil guardados em uma maleta.
O roubo teria ocorrido em Brasília quando seu carro foi abordado por bandidos. A suspeita é que o "Wellington" das planilhas de Funaro seja Wellington Ferreira da Costa. 
O relatório elaborado pela Polícia Federal analisa informações de planilhas em que Funaro indicava pagamentos a operadores supostamente ligados a políticos do PMDB. Os dados das planilhas, segundo a PF, foram confrontados com informações repassadas diretamente por Funaro e com depoimentos de outros investigados. ( Luciano Reis & Bnews )

Nenhum comentário