POLÍTICA

Fachin concede mais 60 dias para Joesley apresentar novas provas de delação

Fachin concede mais 60 dias para Joesley apresentar novas provas de delação
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte, concedeu ao empresário Joesley Batista mais 60 dias para apresentar novos anexos à sua delação premiada, incluindo provas adicionais que comprovem seus depoimentos.
A decisão acatou um pedido feito pelo próprio Joesley e seguiu o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), que também concordou com a solicitação. O prazo inicialmente concedido ao empresário venceu na última quinta-feira (31), quando Fachin também assinou a prorrogação.
De acordo com o ministro, não há nenhum obstáculo legal para a “retificação ou dilação temporal” da delação, contanto que “sem adentrar à mudança substancial no pactuado, congruente com a eficácia e a efetividade da colaboração premiada”. ( Metro 1 )

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.