Última Hora

Horário de verão pode ser extinto este ano em todo Brasil

Foto: Reprodução
O horário de verão que está previsto para começar no dia 15 de outubro poderá ser extinto este ano em todo o Brasil. De acordo com o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, o objetivo da alteração nos relógios brasileiros que seria a de economizar energia não se aplica mais. "A avaliação é que, sob a perspectiva do setor elétrico, o horário de verão não se justifica", disse Rufino. Com a informação, o governo está analisando a manutenção da ação. A constatação de Rufino veio de estudos sobre a viabilidade do horário de verão, em nove estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além do Distrito Federal, Brasília, que estão sendo conduzidos no âmbito do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), com diversos órgãos governamentais vinculadas ao setor elétrico. Conforme as pesquisas, a adoção da hora adiantada não aplica mais em economia de energia, já que é a temperatura que estabelece o maior consumo de energia e não a incidência da luz durante o dia. Segundo o Operador Nacional do Sistema (ONS), hoje, os pontos altos de consumo acontecem entre 14h e 15h, e não mais entre 17h e 20h. Com isso, o governo estuda a possibilidade de consultar a população sobre a manutenção ou não do horário de verão neste ano. Há cinco anos consecutivos a Bahia não adere ao adiantamento nos relógios do estado devido a rejeição dos baianos do horário de verão.


Da Redação Luciano Reis Notícias, com Metro 1

Nenhum comentário