Brasil

Joesley Batista e Ricardo Saud se entregam à Polícia Federal em São Paulo

Foto: Reprodução
Um dos donos da JBS, o empresário Joesley Batista, e o executivo da empresa Ricardo Saud se apresentaram na sede da Polícia Federal, na Lapa, Zona Oeste da cidade de  São Paulo, às 14h05 deste domingo (10), depois que o relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, acatar seu pedido de prisão.
Batista saiu da casa do pai, no bairro do Jardim Europa às 13h45, rumo à Polícia Federal, e Saud deixou seu apartamento no Morumbi, também na Zona Sul.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, fez o pedido ao STF nesta sexta-feira (8). Com a autorização de prisão pelo relator, o acordo de delação premiada firmado entre a JBS e a Procuradoria-Geral da República deve ser rescindido. Isto porque o termo de delação prevê que o acordo perderá efeito se, por exemplo, o colaborador mentiu ou omitiu, se sonegou ou destruiu provas.

Da Redação Luciano Reis Notícias, com Metro 1

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.