Última Hora

Em 2016, 118 indígenas foram assassinados no Brasil, aponta relatório da Cimi

Em 2016, 118 indígenas foram assassinados no Brasil, aponta relatório da Cimi

Dados levantados pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e divulgados nesta quinta-feira (5) mostram que 118 índios foram assassinados em 2016. Além disso, 106 indígenas se suicidaram no ano passado e 735 crianças indígenas menores de 5 anos morreram por diversas causas, como por exemplo desnutrição infantil.
Roraima foi o estado onde o maior número de vítimas foi registrado, 44 pessoas foram mortas entre o povo Yanomami, que contabilizou ao todo 59 mortes em 2016. O Mato Grosso do Sul, onde vivem os Guarani-Kaiowá, registrou 18 mortes por agressões. Ceará e Maranhão também tiveram casos de assassinatos, com 11 e 7 mortes, respectivamente. Os números são da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e foram obtidos pelo Cimi por meio de solicitações encaminhadas pela Lei de Acesso à Informação. ( Metro 1 )

Nenhum comentário