Confira o que aconteceu na Câmara de Vereadores de Alagoinhas na sessão de terça-feira (12) - Luciano Reis Notícias

ÚLTIMAS

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Confira o que aconteceu na Câmara de Vereadores de Alagoinhas na sessão de terça-feira (12)

Foto: divulgação/Ascom Câmara de Vereadores de Alagoinhas/ Kekeu Barreto
Na sessão ordinária que aconteceu na última terça-feira (12), foram submetidas à apreciação dos parlamentares as seguintes proposições advindas do Poder Executivo Municipal: Projeto de Lei Complementar que altera a Lei Complementar 086/12, cria diretoria e modifica o significado da sigla SEDEA, para Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Meio Ambiente, Projeto de Lei que dispõe sobre o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, revoga a Lei Municipal nº 1.447 de novembro de 2001 e dá outras providências e o Projeto de Lei que estabelece normas para concessão de subvenções sociais, auxílios e contribuições para as organizações de sociedades civis.

 Na oportunidade, foram promulgadas duas leis, a Lei nº 2.395/17, de autoria do vereador Luciano Sérgio, que institui o Movimento Outubro Rosa dedicado às ações preventivas que garantam a integridade da saúde da mulher e a Lei nº 2.396/17, de autoria do vereador Anderson Baqueiro que institui o Dia Municipal do Trânsito e dá outras providências.


Durante o pronunciamento dos parlamentares, o vereador Noberto Alves (Bebé) falou da sua luta pela melhoria da qualidade de vida dos moradores do distrito de Riacho da Guia, pontuando: “Quando o poder público merece elogios temos que elogiar, ou seja, não só o poder público, independente, tanto faz ser o executivo, o legislativo ou qualquer profissional. Eu acho que nós temos que dar a razão a quem tem. E hoje, infelizmente, eu não posso falar a mesma coisa (se referindo a um discurso que fez há cerca de dois meses onde relatou ações do governo municipal no distrito). Hoje, Riacho da Guia tem alguns setores, algumas áreas específicas que estão muito a desejar, abandonadas, eu venho cobrando há mais de três meses de alguns setores, eu não vou citar especificamente secretarias, só gostaria de relatar alguns problemas graves que estão acontecendo...Eu acho que nós temos que ser tratados com respeito, né? E se não dá pra fazer, não tem condições, capacidade de fazer tal ação, que chegue para o vereador e fale que não tem condições de atender o seu pedido, o seu requerimento...”

O vereador Raimundo Gode saudou a todos e chamou a atenção para a situação da Cavada: “Precisava fazer uma limpeza mesmo na lagoa da Cavada. Quem mora em Alagoinhas sabe daquela lagoa...Infelizmente a população mesmo é que cria o problema porque construir a casa num lugar que é uma lagoa? Difícil. Aí o que acontece? O erro já vem da população. Claro que o erro também é do Secretário, precisa fiscalizar. Era para limpar o rio? Era, mas o SAAE também é culpado, porque ali tem uma bomba, veja bem: tem uma bomba 24 horas jogando água para a drenagem da Fonte dos Padres, e como é que pode deixar essa bomba queimada 5 dias? Cinco dias a bomba queimada. E outra coisa também, na Rua Antônio Conselheiro ontem, um volume de água grande, o SAAE fez um serviço...12 dias o SAAE fez a encanação porque estourou o tubo e passou 12 dias sem tapar o buraco. E o que aconteceu? Vários carros caíram dentro do buraco...Se for olhar, está errado é muita coisa aqui na nossa cidade!”.


A próxima sessão será realizada no dia 14 de dezembro (quinta-feira), no horário regimental (15h).


Da Redação Luciano Reis Notícias, com Ascom - Câmara Municipal de Alagoinhas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
TESTE MONERO LUCIANO REIS NOTICIAS