Com gol no fim, Bahia vence lanterna Atlântico por 2 a 1 na Fonte; time sai vaiado do estádio - Luciano Reis Notícias
Com gol no fim, Bahia vence lanterna Atlântico por 2 a 1 na Fonte; time sai vaiado do estádio

Com gol no fim, Bahia vence lanterna Atlântico por 2 a 1 na Fonte; time sai vaiado do estádio

Share This
Foto: reprodução

O Bahia recebeu neste domingo (25) a equipe do Atlântico para tentar se manter bem colocado no G-4 do Baianão 2018, em partida válida pela sétima rodada da competição. Mesmo diante do lanterna da competição, os donos da casa tiveram trabalho e suaram a camisa para tentar vencer. Com gol de Zé Rafael de falta pelo lado tricolor e outro de Jean Lucas no lado da equipe de Lauro de Freitas, o duelo se encaminhava para o empate até que Elton fez o 2 a 1 no apagar das luzes.
Mesmo com a vitória, a torcida não aliviou e vaiou a equipe do treinador Guto Ferreira. O time acumula agora 14 pontos em sete partidas disputadas e estaciona dentro do G-4 do Baianão na terceira posição. O próximo compromisso do Esquadrão de Aço é diante da Juazeirense, líder da competição, no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, no domingo (4).
A história do jogo - Jogando ao lado da torcida na Arena Fonte Nova, o tricolor abriu o placar logo nos primeiros minutos e deu a entender que iria golear o adversário. Em cobrança de falta na meia lua da grande área, Zé Rafael mandou a bola no canto do goleiro Deivisson, que não conseguiu alcançar a bola.
Com o placar favorável, o time comandado pelo técnico Guto Ferreira passou a ceder espaços ao adversário. Foi em um bom avanço do Atlântico que surgiu o gol de empate. O lateral-direito Michel fintou na ponta direita e encontrou Ruan Magno livre. O meia cruzou, a bola ficou pingando na área e Jean Carlos aproveitou o rebote do goleiro Rafael Santos para igualar o marcador. Ao final do primeiro tempo, o time saiu vaiado de campo pelos torcedores.
No segundo tempo, o time do Bahia veio mais ofensivo e tentou tirar o empate do placar. Mas o que se viu foi o Atlântico chutando mais ao gol. Comandado pelo meia Bida, a equipe ameaçou a meta defendida pelo goleiro Rafael Santos em diversos momentos. Na reta final, o Esquadrão teve um lance polêmico. Zé Rafael tentou um lance na entrada da área e acabou caindo depois de pular o carrinho de um jogador do Atlântico. Os tricolores pediram pênalti, mas o árbitro assinalou apenas simulação do jogador do Bahia.
No apagar das luzes, o time tricolor arrancou um gol salvador aos 48 minutos do segundo tempo. Elton aproveitou cobrança de falta na área e bobeada da defesa do Atlântico para levar o torcedor ao delírio com o gol.


Da Redação/ Luciano Reis Notícias, com Metro 1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad