"Alagoinhas está sem comando", dispara vereador da base de Joaquim Neto durante sessão - Luciano Reis Notícias
"Alagoinhas está sem comando", dispara vereador da base de Joaquim Neto durante sessão

"Alagoinhas está sem comando", dispara vereador da base de Joaquim Neto durante sessão

Share This
Foto: Kekeu Barreto 
Entre as proposições constantes no expediente da sessão ordinária que aconteceu na última terça-feira (10), na Câmara Municipal de Alagoinhas, destacaram-se um requerimento de autoria do vereador Anderson Baqueiro solicitando que seja realizada uma Audiência Pública para tratar do ensino superior no município de Alagoinhas: perspectiva, expansão e função social, e uma moção de louvor e Aplausos à Clínica COP - Clínica de Ortopedia e Pediatria, pelos 19 anos de existência, de autoria do vereador Caio Ramos.

A vereadora Raimunda Florêncio falou da sua decepção diante de algumas solicitações que tem feito ultimamente, sem resposta: “Estou decepcionada!”, complementando ao longo do discurso: “Quando vem um secretário aqui pra cidade ele vem com a assessoria toda de fora, não sabe o que acontece aqui na cidade. Outro dia eu estava na Rua 15 de novembro, passou uma ambulância daqui de Alagoinhas com um motorista para saber onde era a Praça Santa Izabel, funcionário de fora da cidade, ao invés de botar aqui da cidade que tá todo mundo aqui a maioria desempregados, atrás de um emprego, vem gente de fora tomar a vaga daquele pai de família que paga seus impostos, vive na cidade e compra tudo aqui dentro. É isso que tem que ser observado.”

O vereador Raimundo Alves (Gode) falou do problema que a comunidade da Pedreira tem enfrentado, solicitando o apoio dos colegas, poder público e entidades para resolver a questão: “Aquela comunidade da Pedreira para atravessar a BR 101 precisa passar em frente ao Jambeiro para levar os alunos para a escola, e o que está acontecendo ali na comunidade é que o empresário do Clube de Campo, o Sr. Manuel, fechou a rua”, ressaltando ainda: “Precisamos juntos ver esse problema que é sério, tem 30 anos aquela Rua do Jambeiro e a comunidade não está passando. Aquilo não pode acontecer, o empresário vai lá fecha a rua e fica por isso mesmo, é um sinal que Alagoinhas tá sem comando, quem vai mandar agora é quem tem dinheiro. Não é assim que nós queremos!”.


A próxima sessão ordinária será realizada no dia 12, no horário regimental, às 15h.



Da Redação/ Luciano Reis Notícias, com Ascom - Câmara Municipal de Alagoinhas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

TESTE MONERO Luciano Reis Noticias