17 de Maio: Primeiro Ato político LGBT em Alagoinhas - Luciano Reis Notícias
17 de Maio: Primeiro Ato político LGBT em Alagoinhas

17 de Maio: Primeiro Ato político LGBT em Alagoinhas

Share This
Foto: Ilustrativa
A busca pelas conquistas LGBTs tem sido o maior mártir da sociedade atual, “fora do armário” gays, lésbica, bissexuais e transexuais batalham constantemente na busca pela diminuição da triste realidade que os persegue, 445 LGBTs foram mortos em crimes motivados por homofobia. Este número, representa uma vítima a cada 19 horas, este dado compõe o levantamento realizado pelo Grupo Gay da Bahia (GGB), que registrou o maior número de casos de morte relacionados à lgbtfobia desde que o monitoramento anual começou a ser elaborado pela entidade, há 38 anos.

A mais recente vítima da homofobia ou lgbtfobia aconteceu no último fim de semana, quando a estudante de artes-visuais da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, “Theusa”, ou Matheusa Passareli, de 21 anos, desapareceu e foi encontrada morta e queimada. Nessa busca pela luta, proteção e igualdade a Aliança pela Promoção e Igualdade LGBT de Alagoinhas, ou Lida, organiza na próxima quinta, 17 de maio, à 16h horas um Ato Público que pretende ascender o número de mortes em velas e expor fotos de LGBT assassinado das formas mais brutais. “A gente está mobilizando o maior número de lgbts ou não lgbts para nosso ato, pretendemos politizar as demandas do nosso grupo, ressignificar o movimento no município e conquistar novos lugare”, informou a presidente e transexual, Grayce Kelly. “Convidamos toda a população de Alagoinhas para compor nosso ato, lgbt ou não, estão todos convidados”, finalizou Grayce.


O Ato por todos nós acontecerá no dia 17 de maio – Dia internacional de combate a homofobia, às 16h em frente a Prefeitura do município de Alagoinhas.




Da Redação/ Luciano Reis Notícias, com Manoel Rosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad