Feira: imagens de câmeras devem ajudar nas investigações da morte de PM - Luciano Reis Notícias
Feira: imagens de câmeras devem ajudar nas investigações da morte de PM

Feira: imagens de câmeras devem ajudar nas investigações da morte de PM

Share This
[Feira: imagens de câmeras devem ajudar nas investigações da morte de PM ]

Com o objetivo de elucidar a morte do policial militar Florisvaldo Moreira Santos Júnior, 39 anos, ocorrida em Feira de Santana, a cerca de 110 quilômetros de Salvador, o delegado Fabrício Linard solicitou imagens das câmeras de vigilância da Secretaria Municipal de Prevenção a Violência (Seprev). O material deve ser disponibilizado nesta terça-feira (28).
"A gente tem que ser prudente. Um profissional da segurança pública foi morto, mas a gente não pode condenar e nem absolver o autor, afirmando que ele matou em legítima defesa. Temos que fazer a investigação para saber o que realmente aconteceu. Após as investigações vamos ver se vamos solicitar a prisão preventiva ou não. A minha análise técnica é opinativa e quem define é o Ministério Público", afirmou Linard, conforme o Acorda Cidade.
O homem acusado de matar o militar, identificado como Ronaldo Jerônimo de Souza Carvalho, na madrugada de domingo (26), se apresentou com um advogado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Salvador, na segunda-feira (27). Ele prestou depoimento, alegou legítima defesa e foi liberado.
Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o acusado disse ter deixado a arma no local do crime e se comprometeu em retornar para prestar novos esclarecimentos. O depoimento dele teria batido com os relatos das demais testemunhas. Entretanto, explicou a SSP, Ronaldo deve responder por porte ilegal de arma. 
PERSEGUIÇÃO - Segundo informações da polícia, o PM teria perseguido um veículo Honda Civic, placa NYZ 0210, onde estavam a ex-namorada e o rapaz. O casal saiu de um bar e estava chegando na casa da mulher, quando ela percebeu o carro do policial, um Corolla prata, parado na porta. Eles, então, fugiram do local e foram perseguidos por Florisvaldo.
Ainda conforme as informações colhidas no local, durante a perseguição, o Honda Civic bateu em dois veículos e, em seguida, colidiu frontalmente com um poste, ficando parcialmente destruído. O policial teria parado o Corolla mais adiante, descido do carro e quando abriu a porta do veículo onde estava o casal, foi alvejado com o disparo no pescoço pelo atual companheiro da ex-namorada.
O corpo do PM foi enterrado na manhã de segunda-feira (27), no Cemitério Piedade, após ser velado no bairro Kalilândia. ( Luciano Reis & Bnews )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

TESTE MONERO Luciano Reis Noticias