Imunização efetiva contra Poliomielite e Sarampo: Alagoinhas alcança a meta e registra mais de 95% de cobertura vacinal após a campanha - Luciano Reis Notícias
Imunização efetiva contra Poliomielite e Sarampo: Alagoinhas alcança a meta e registra mais de 95% de cobertura vacinal após a campanha

Imunização efetiva contra Poliomielite e Sarampo: Alagoinhas alcança a meta e registra mais de 95% de cobertura vacinal após a campanha

Share This

Após a prorrogação da campanha contra Poliomielite e Sarampo, Alagoinhas encerra o mês de setembro com índices positivos da meta de imunização.
É que a cidade registrou 7.977 doses aplicadas contra o Sarampo e mais 7.997 crianças imunizadas contra a Poliomielite, alcançando mais de 95% de cobertura vacinal na campanha deste ano, segundo dados do Ministério da Saúde.
Para o secretário municipal de saúde, Moacir Lira, os números – que há muito tempo não eram atingidos na cidade – são fruto do empenho das equipes de saúde e de um trabalho integrado de conscientização, acompanhamento pelas unidades e articulação entre a pasta e a Vigilância.
“Preocupada com os baixos índices dos anos anteriores, a Secretaria de Saúde intensificou, em 2018, as ações para assegurar a imunização das crianças na faixa etária estabelecida. Então tivemos uma força-tarefa entre profissionais, que fizeram não apenas o acompanhamento nas unidades de saúde, mas um trabalho pedagógico, educativo, alertando a população sobre a importância da vacina. Tivemos visitas às escolas, pontos volantes no município, atendimento diferenciado no ‘Dia D’ e uma série de outras iniciativas que, de maneira conjunta, nos levaram a atingir o índice, que é um importante indicador de saúde pública”, destacou o gestor da pasta.
Segundo ele, a imunização efetiva não se restringe à Vigilância e requer esforços da Atenção Básica e da Educação para que as pessoas, de uma forma geral, se conscientizem quanto à necessidade de manter em dia a carteira de vacinação.
“É importante dizer que a cobertura vacinal não vale apenas nos períodos de campanha. A vacinação deve ser feita o ano inteiro e a comunidade deve manter a imunização em dia. Quantas doenças você previne através das vacinas? É um indicador eficiente da saúde pública e o nosso foco é justamente esse: garantir a cobertura”, ressaltou Moacir Lira.
A SESAU informou que, na última semana de campanha, disponibilizou profissionais que trabalharam exclusivamente com imunização em todos os postos do município e que a intenção, a partir de agora, é de manter um trabalho contínuo junto às comunidades e também junto às escolas, conscientizando a população sobre os benefícios de manter atualizada a caderneta de vacinação. (SECOM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

TESTE MONERO Luciano Reis Noticias