ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Porto Seguro: agricultora que teve terra invadida por incorporadora ganha R$ 6,5 milhões

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

/ by REDAÇÃO
[Porto Seguro: agricultora que teve terra invadida por incorporadora ganha R$ 6,5 milhões]

juiz Fernando Machado Paropat Souza, da 1ª Vara de Feitos de Relações de Consumo Cìvel e Comercial de Porto Seguro, homologou o acordo que prevê o pagamento de R$ 6,5 milhões à agricultora que teve um terreno invadido por uma empresa em Trancoso, em Porto Seguro, no sul baiano.
Joaquina Antônia Soares, 74 anos, travou uma batalha judicial contra a empresa Bahia Beach, que lançou um empreendimento de luxo em uma área de 300 hectares, das quais 28 seriam pertencentes à agricultora. 
A incorporadora lançou o empreendimento Reservas Trancoso em 2016 a um custo de R$ 130 milhões. De acordo com publicação do jornal Correio, a obra estava prevista para ser concluída em janeiro de 2019, mas a previsão foi adiada em seis meses por causa da briga judicial. ( Luciano Reis & Bnews )

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
Desenvolvimento by Agência Ideia...