Alagoinhas: Prefeitura implanta sistema de videomonitoramento de veículos - Luciano Reis Notícias
Alagoinhas: Prefeitura implanta sistema de videomonitoramento de veículos

Alagoinhas: Prefeitura implanta sistema de videomonitoramento de veículos

Share This
Foto: reprodução
A prefeitura municipal de Alagoinhas dará início, a partir do dia 05 de Dezembro, ao videomonitoramento do tráfego em tempo real nas vias da cidade. Executado pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), o monitoramento será realizado via Centro de Controle e Operações de Monitoramento (CCOM), já instalado na sede da autarquia.
O CCOM possui um painel de cinco telas, por meio do qual é observada toda a movimentação do trânsito. O sistema de videomonitoramento é composto por 5 câmeras fixas de longo alcance instaladas na Praça Keneddy, Praça da Bandeira e nas Ruas Carlos Gomes, Conselheiro Moura e Marechal Bittencourt.
Para o superintendente de Transporte e Trânsito, Raimundo Nonato, o sistema de videomonitoramento vai trazer um grande ganho em disciplinamento, fluidez e mobilidade no trânsito. O sistema permitirá que as equipes de agentes nas ruas tenham maior informação e eficiência no atendimento de ocorrências de colisões, congestionamento e outras abordagens diárias. “Com a capacidade de alcance desses equipamentos, será possível uma maior observação e visibilidade das infrações cometidas pelos condutores”, destaca o superintendente.”O sistema já existe nas maiores cidades do país, e a partir de agora, Alagoinhas fará parte de um grupo seleto de modernização do trânsito”, completa.
Com o funcionamento regular do sistema, motoristas que forem flagrados cometendo infrações de trânsito serão autuados pelos agentes de trânsito que monitoram o equipamento. A fiscalização por meio de videomonitoramento obedece à Resolução 471, de 18 de dezembro de 2013, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), alterada pela Resolução 532, de 17 de junho de 2015, que regula a fiscalização por câmeras de monitoramento em vias urbanas.
As autuações serão aplicadas sobre condutores de carros e motos que cometerem infrações previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), como a formação de fila dupla de veículos, uso indevido de faixas exclusivas de transportes, atalhos por cima de canteiros, falta de capacete, avanço de sinal vermelho, falta de cinto de segurança, uso indevido de telefone celular, estacionamento e conversões proibidos.


Em seus primeiros 30 dias, o sistema deve atuar de forma educativa, sem punição aos infratores. Ao fim deste período, quem descumprir as normas de trânsito, será autuado de acordo com a legislação. 
Foto: reprodução


Da Redação- Luciano Reis Notrícias, com informações da Secom-PMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

TESTE MONERO Luciano Reis Noticias