Engenheiro da Odebrecht confirma que reforma do sítio de Atibaia foi paga pelo setor de propinas - Luciano Reis Notícias
Engenheiro da Odebrecht confirma que reforma do sítio de Atibaia foi paga pelo setor de propinas

Engenheiro da Odebrecht confirma que reforma do sítio de Atibaia foi paga pelo setor de propinas

Share This
O engenheiro Emyr Diniz Costa Júnior, homem de confiança da direção do Grupo Odebrecht, confirmou à Justiça Federal, ontem (5), que a empreiteira executou a reforma do sítio de Atibaia (SP), atribuído pela Operação Lava Jato ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com recursos do caixa de Setor de Operações Estruturadas, o departamento de propinas da empresa.
A informação foi dada em depoimento à juíza federal Gabriela Hardt, que substitui Sérgio Moro no comando da operação.
Emyr é um dos 77 delatores da Odebrecht, que teve o maior acordo de colaboração da Lava Jato, homologado em janeiro de 2017. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, ele relatou à juíza um suposto encontro que teve com o advogado Roberto Teixeira, compadre de Lula, três meses após o término da obra do sítio, com o objetivo de regularizar a reforma sem que a Odebrecht aparecesse no negócio.
O engenheiro disse que recebeu dinheiro do Setor de Operações Estruturadas e entregava em envelopes para o funcionário Frederico Barbosa. O valor era repassado para o segurança do ex-presidente, que ia até os fornecedores de materiais de construção fazer o pagamento. A ideia era que as obras fossem entregues rapidamente, a fim de que Lula pudesse usar o sítio assim que saísse da Presidência, em dezembro de 2010.
Nesse processo, Lula é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. ( Metro 1 )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

TESTE MONERO Luciano Reis Noticias