Mosquito transmissor da leishmaniose prefere se alimentar de maconha, aponta pesquisa feita na Bahia - Luciano Reis Notícias
Mosquito transmissor da leishmaniose prefere se alimentar de maconha, aponta pesquisa feita na Bahia

Mosquito transmissor da leishmaniose prefere se alimentar de maconha, aponta pesquisa feita na Bahia

Share This

Uma pesquisa feita na Bahia, com amostras realizadas em países como Israel, Palestina, Etiópia e Cazaquistão, aponta que o mosquito transmissor da leishmaniose tem predileção pela maconha na hora de se alimentar. O estudo é da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos e constatou que quando o inseto encontra a planta, o consumo ocorre em grandes proporções.
No Brasil, os mosquitos estudados foram coletados na cidade de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). "Identificamos vestígios da planta da maconha tanto na área rural, quanto na urbana", diz Artur Queiroz, pesquisador do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs) da Fundação Oswaldo Cruz na Bahia.
Embora a pesquisa tenha sido feita em diversos países, o especialista foi enfático em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo: "A preferência pela folha da maconha ocorreu em todos os locais".
"Não sabemos ainda a razão para tal preferência", diz Queiroz. Os estudiosos ainda ressaltam que nos locais em que essa escolha se deu, havia oferta abundante de outros vegetais. ( Luciano Reis & Bnews )

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

TESTE MONERO Luciano Reis Noticias