ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Testemunha diz que viu médium acusado de mortes na BA usar martelo em pacientes

sábado, 12 de janeiro de 2019

/ by REDAÇÃO
Foto: Reprodução / TV Anhanguera
Depois se apresentar à polícia de Goiás, o médium Antônio Miguel Rodrigues foi denunciado pela morte de mais duas pessoas, no estado, em decorrência de "cirurgias espirituais". Ele já era acusado de outros dois homicídios na Bahia.

Duas mulheres disseram que a mãe, Sebastiana Peixoto, foi vítima de Rodrigues. A idosa, que morreu aos 73 anos, foi atendida pelo médium um mês antes, em Goiás.

Segundo informações do G1, a delegada Cybelle Tristão disse que as filhas de Sebastiana relataram, em depoimento, ter pagado ao médium pelas consultas, procedimento cirúrgico e medicamentos prescritos por ele. “[Uma das filhas] acompanhou, esteve dentro da sala de cirurgia e alega que o médico usava sim instrumentos perfuro-cortantes, bisturi, além disso, usava-os coletivamente, em várias pessoas ao mesmo tempo”, contou.

Cybelle disse ainda que essa mesma depoente afirmou ter visto o médium usar um martelo em uma das ocasiões.

"Ela alega que lá dentro da sala teria presenciado o médium usar um martelo na coluna de uma pessoa. Ela disse que ficou muito assustada, que a mãe dela se assustou e pediu para sair da sala. Nesse momento já colocaram ela em uma maca e fizeram o procedimento", acrescentou.

No caso de Goiás, a polícia investiga ainda a morte de Raimunda Matos de Souza, de 55 anos. O óbito dela ocorreu em 2015, no Centro Espírita Bezerra de Menezes, que era de responsabilidade de Rodrigues.

De acordo com o filho dela, Cleiton Matos Souza, a mãe foi tratar de uma pedra na vesícula. Ela já tinha passado pela cirurgia espiritual e aguardava para ser atendida em um retorno quando faleceu após sofrer uma parada cardíaca.

"Ela tinha pedra na vesícula. Foi lá, fez cirurgia com ele, falou que voltaria para liberar ela para ir embora. Ela morreu no local, onde ele ia atender ela, depois de tomar um chá", contou.

Os demais casos de morte foram registrados em Barreiras, na Bahia, onde Rodrigues atendia uma vez por mês. As vítimas são Vanderluce Soares dos Santos, de 42 anos, e Arnaldo Domingos dos Passos, 78.

Além disso, o aposentado Mário Joaci Pereira Rocha, 71, sofreu uma lesão corporal grave. Segundo informações do jornal Correio, ele realizou cirurgias para retirada de líquidos nos testículos, os quais foram perfurados com oito agulhas. Uma das sequelas é que Rocha está numa cadeira de rodas, sem andar.

De acordo com a publicação, a delegada ficou de marcar um novo depoimento do médium. Ele também será ouvido pela Polícia Civil da Bahia, em Barreiras, mas ainda não há data para o procedimento.

O advogado dele, Daniel Rocha Couto, disse que seu cliente não se lembra dos atendimentos às pessoas citadas (saiba mais aqui). Quanto ao uso do martelo, ele chamou a revelação de situação "fantasiosa".




Da Redação- Luciano Reis Notícias, com Bahia Notícias

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
Desenvolvimento by Agência Ideia...