ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Em última manifestação à ONU, Lula diz que Estado brasileiro o tratou com ‘cruel mesquinhez’

domingo, 24 de fevereiro de 2019

/ by REDAÇÃO
Foto : Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Os advogados do ex-presidente Lula (PT) entregaram na quinta-feira (21) a última manifestação do petista ao Comitê de Direitos Humanos da ONU.
De acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, a defesa rebateu alegações do governo brasileiro ao organismo internacional: Lula afirma que, ao aceitar o convite de Jair Bolsonaro (PSL) para comandar o Ministério da Justiça, Sergio Moro pôs em dúvida a afirmação do Brasil de que, quando juiz, agiu com isenção.
Os advogados do petista também dizem que o ex-presidente foi tratado com “cruel mesquinhez” pelo Estado e listam sentenças que negaram pedidos para ele sair temporariamente da prisão, como para velar o irmão Vavá no fim de janeiro.
A publicação afirma que o processo agora está pronto para julgamento. A expectativa é a de que o caso seja incluído na pauta do colegiado do mês de março.



Da Redação- Luciano Reis Notícias, com Metro 1

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
Desenvolvimento by Agência Ideia...