ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Presidente do Flamengo nega que clube tenha 31 multas

domingo, 24 de fevereiro de 2019

/ by REDAÇÃO
Foto : Fábio Motta/ Estadão Conteúdo
Na primeira entrevista coletiva desde a morte de 10 jovens no Centro de Treinamentos do Clube, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, disse, no início da tarde deste domingo (23), que não tinha conhecimento da falta de licenças e alvarás necessários para o funcionamento do local.

"Não tínhamos conhecimento disso. A última multa que recebemos da prefeitura é do dia 12 de dezembro do ano passado. Ou seja, nenhuma multa chegou posteriormente ao nosso conhecimento. Na verdade, ao longo do tempo falaram em 31 multas, mas conseguimos identificar 23. Desse total, 12 foram aplicadas após o acidente".

Segundo Landim, com relação às licenças, o Flamengo teve no passado alvará para utilização no Ninho do Urubu de módulos iguais aos que estavam ali, emitida em 23 de Janeiro de 2012. Ou seja, eram módulos semelhantes aos que já existiam no Ninho do Urubu desde 2010.

"Quando o Flamengo, no passado, solicitou a construção do Centro de Treinamentos 1 (CT1), em 2017, o processo foi acompanhado diversas vezes pelo Corpo de Bombeiros, que fez uma série de exigências. Só que esse processo se estendeu por tanto tempo que, quando foi concluído, já existia o CT2. E aí foram feitas as exigências para as novas instalações. Não tínhamos conhecimento disso tudo. Posso dizer o seguinte: corremos depois do acidente, como eu me comprometi, para poder sanar todas as pendências e atender todas as autoridades, e já protocolamos junto ao Corpo de Bombeiros o pedido de licença para o CT1 e o CT2", afirmou Landim.





Da Redação- Luciano Reis Notícias, com Metro 1

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
Desenvolvimento by Agência Ideia...