Luciano Reis Notícias : Prefeitura autoriza início das obras da Estação de Transbordo de Alagoinhas

ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Prefeitura autoriza início das obras da Estação de Transbordo de Alagoinhas

domingo, 10 de março de 2019

/ by REDAÇÃO
Foto: Kekeu Secom
Alagoinhas deverá contar, ainda este ano, com uma Estação de Transbordo em pleno funcionamento no centro da cidade. Isso porque o prefeito Joaquim Neto assinou, na manhã de sexta-feira (8), a ordem de serviço que autoriza o início das obras na antiga Cesta do Povo, ao lado do Calçadão, onde funcionará a estação para transportes alternativos.
A intenção, segundo a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), é desobstruir pontos do centro da cidade, facilitando a mobilidade urbana e proporcionando, aos usuários, mais conforto e eficácia no deslocamento de passageiros.
A operacionalização da Estação de Transbordo será direcionada a transportes alternativos (vans e micro-ônibus), que fazem principalmente o trajeto para a zona rural do município.

“É mais um equipamento para dar mobilidade ao cidadão. Vejo a vontade dos comerciantes de Alagoinhas, de movimentar os negócios locais, e temos interesse em deixar esse legado, de um grande centro comercial. Acho que com as ações e intervenções que a Prefeitura tem feito no centro da cidade, temos todas as condições de ter o melhor centro comercial do interior da Bahia. Mas é preciso ter uma organização de ordenação do solo, mobilidade urbana, estrutura. É com foco nisso que temos trabalhado. Melhorando a mobilidade, vamos melhorar sensivelmente as vendas e atrair compradores da macrorregião”, destacou o prefeito Joaquim Neto.

Segundo o representante das forças empresariais José Carlos, da Associação Comercial e Industrial de Alagoinhas, a iniciativa beneficiará tanto a população quanto os comerciantes locais. “Acreditamos que vai disciplinar o trânsito da nossa cidade. Isso vai favorecer o passageiro, o visitante que chega a Alagoinhas. A gente entende que esse novo equipamento é muito importante e a Associação Comercial tem interesse em uma parceria com a prefeitura nesse sentido”, revelou.
O coronel Raimundo Nonato, da SMTT, enfatizou que o espaço passará por intervenções no nivelamento da calçada, com revisão elétrica total, pintura, sinalização, reforma dos banheiros e estrutura para a logística de acesso com entrada e saída de transportes alternativos.

O investimento total da autarquia será de R$ 328.333,48. “Com a relocação dos pontos das vans, que hoje estão espalhados por todo o centro da cidade, teremos um local adequado, com banheiros, lanchonetes, guarda-volumes e horários definidos para saída e chegada”, pontuou Nonato.
A vice-prefeita e secretária municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Iraci Gama, ressaltou que, além de um equipamento público, o prédio da Estação de Transbordo é também uma construção histórica. “Aqui foi a 1ª estação ferroviária de Alagoinhas, à época em que, do lado de cá, não havia quase nada, apenas plantações de fumo e de cana. É um grande prédio de 13 de fevereiro de 1863, que virou um marco não apenas da cidade, mas das ferrovias do nordeste do Brasil. Precisamos respeitar a história desse local. Para fazer e transformar, com respeito e preservação da história, é preciso mais do que desejo; é preciso vontade política, e isso eu tenho certeza que Joaquim tem. Não pode ser apenas uma estação, precisa ter as marcas dessa história, dessa cultura”, acrescentou.
O presidente da Câmara de Vereadores, Roberto Torres, falou sobre o passo importante que a obra significa, já que havia sido abandonada por gestões anteriores, e o vereador Cleto dos Santos (“Cleto da Banana”) destacou o trabalho da Administração Municipal no enfrentamento dos desafios para ações que contribuam efetivamente à mobilidade urbana do município.
Quem gostou da iniciativa foi a moradora Rosália Nascimento, que também passou pelo local. “Eu estou achando ótimo. Isso deveria existir há muito tempo. Esse transbordo vem agregar. É bom para todos nós”, comentou.

Também estiveram presentes na solenidade de assinatura da ordem de serviço Benedito Vieira, do SICOMÉRCIO, e Yuri Azi, da CDL Alagoinhas. Os vereadores Raimundo Alves (“Gode”), Pastor Lins e Edilson Ferreira Lima (“Duy do Frango”) participaram da iniciativa.
Com o início imediato das obras, a previsão é de que em um prazo máximo de 7 meses a Estação de Transbordo de Alagoinhas esteja em pleno funcionamento, com uma média de 215 micro-ônibus e vans circulando pelo local.

Os horários de chegada e saída serão divulgados pela diretoria da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).


Da Redação- Luciano Reis Notícias, com Secom Alagoinhas

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
Desenvolvimento by Agência Ideia...