>
Luciano Reis Notícias : Disney exclui cena de 'Toy Story' que fazia alusão a casos de assédio em Hollywood

ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

Disney exclui cena de 'Toy Story' que fazia alusão a casos de assédio em Hollywood

quinta-feira, 4 de julho de 2019

/ by REDAÇÃO
[Disney exclui cena de 'Toy Story' que fazia alusão a casos de assédio em Hollywood]

"Toy Story 4" está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil, mas a Disney resolveu mexer no segundo filme da franquia e excluiu uma cena de "Toy Story 2" (1999), após ela ser considerada machista. Já nos créditos do longa, Stinky Pete, o vilão rebatizado aqui como Pete Fedido, aparece assediando duas bonecas Barbie.   
"Então, vocês duas são absolutamente idênticas? Tenho certeza de que posso conseguir um papel para vocês em Toy Story 3”, dizia o personagem enquanto tocava a mão de uma delas. Porém, ao perceber que estava "sendo filmado", Pete Fedido muda de tom e encerra a conversa com as bonecas.
Um fã que reviu o filme comentou sobre a cena em um fórum. Em seguida, o grupo #MeToo, que surgiu após as denúncias de assédio contra o produtor Harvey Weinstein, acusado de comportamentos parecidos ao da ficção, falou sobre o assunto e então a Disney decidiu excluir o momento, que ficava nos tradicionais "erros de gravação" dos filmes Pixar.    
Aliás, os próprios bastidores de "Toy Story 2" supostamente protagonizaram situação de assédio. Em 2018, o diretor do filme, John Lasseter, foi afastado do cargo após acusações. Em reportagem da revista "Variety" sobre o caso, funcionárias disseram que ele as tocava sem permissão – quando não passava a mão em suas pernas ou as beijava sem consentimento. Atualmente, Lasseter lidera outra empresa de mídia, a Skydance Animation. ( Metro 1 )

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
Desenvolvimento by Agência Ideia...