>
Luciano Reis Notícias : União reconhece estado de emergência por estiagem e seca em 17 cidades baianas

ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

União reconhece estado de emergência por estiagem e seca em 17 cidades baianas

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

/ by REDAÇÃO
Foto Divulgação/A Voz da Bahia
Dezessete municípios baianos que sofrem com seca e estiagem tiveram nesta sexta-feira (13) decretos de emergências reconhecidos pelo governo federal. Os municípios já tinham homologados os mesmos decretos nos âmbitos municipal e estadual. Das 17, 8 cidades ficam no sudoeste do estado. São os casos de Bom Jesus da Serra, Poções, Guajeru, Mirante, Presidente Jânio Quadros, Palmas de Monte Alto, Cordeiros e Caetanos.
Na lista desta sexta entram ainda: Irecê, no centro norte, Boa Vista do Tupim, no Piemonte do Paraguaçu, Nordestina e Teofilândia, na região sisaleira, Chorrochó, na divisa com Pernambuco, Andaraí, na Chapada Diamantina, Olindina, no agreste baiano, e Lajedo do Tabocal, no Vale do Jiquiriçá. Ainda segundo a Portaria da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, 3 cidades estão com decreto por seca: Boa Vista do Tupim, Chorrochó e Caetanos.
A seca é considerada mais critica que a estiagem. Na seca, o município passa mais tempo sem chuvas do que na estiagem. Com os decretos de emergência em vigor, os municípios podem solicitar apoio da Operação Carro-pipa, coordenada pelo Exército, além de fazer compras necessárias sem exigência de licitação.
DECRETO ESTADUAL
Nesta mesma sexta, dois municípios, também do sudoeste, tiveram decretos de emergência por estiagem reconhecidos pelo Estado. Tanhaçu e Piripá terão 180 dias de vigência dos decretos, contados a partir de 2 e 5 de setembro, respectivamente, quando a condição foi decretada pelas prefeituras locais. (Bahia Notícias/ Foto Divulgação/ A Voz da Bahia)

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
Desenvolvimento by Agência Ideia...