>
Luciano Reis Notícias : "Quando é com o governo do Estado, a APLB se acovarda", diz ACM Neto

ALAGOINHAS

ALAGOINHAS

"Quando é com o governo do Estado, a APLB se acovarda", diz ACM Neto

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

/ by REDAÇÃO
Foto: Reprodução/DEM
O prefeito ACM Neto fez duras declarações contra a APLB, sindicato dos professores do estado, que ameaça entrar em greve na campanha por reajuste salarial, neste ano.
Em entrevista coletiva, o prefeito de Salvador afirmou que, se houver paralisação de qualquer categoria de servidores municipais, haverá corte de salário e que a prefeitura não negociará reajuste.
“Eu não estou entendendo isso, honestamente. Temos até maio para tratar de reajuste. Eu pretendo até conceder reajuste para os funcionários em 2020. Estou fechando os ajustes orçamentários. Mas se começar com greve, não tem. Na base da pressão, eu não funciono. Em 2016 eu enfrentei greve, e era candidato à reeleição. Quem for para entrar em greve, corta o salário e acabou. Com greve, não tem diálogo nem reajuste”, disse.
“É ano político, os sindicatos que são patrocinados e têm ponte direta com PT, PCdoB e PSOL começam a querer fazer confusão. Comigo não adianta, que não cola. Se professor entrar em greve, é corte de salário e eu suspendo o reajuste. Se quiser dialogar, a disposição da Prefeitura é de avançar”, acrescentou.
Neto também pontuou sobre a ligação da APLB com partidos políticos e fez críticas duras ao sindicato: “A APLB não existe, me perdoe. A APLB desrespeita os profssores, não faz o seu trabalho, quando é com o governo do estado, se acovarda. Eu não respeito quem faz política desse jeito. Se quiser discutir a vida do professor, eu estou à disposição. Mas querer fazer ensaio para greve, isso é um desrespeito e comigo não cola”, afirmou. 


Da Redação- Luciano Reis Notícias, com bahia.ba

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© all rights reserved
Desenvolvimento Alves Comunicação Digital...