Forças policiais poderão agir com ‘máximo rigor’ para impedir festas de fim de ano, diz Rui

Minha Bahia

O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou nesta terça-feira (22), em pronunciamento oficial, que determinou que as forças policiais do estado atuem com “máximo rigor” para impedir a realização de festas de final de ano na capital e no interior.

Foto : Reprodução

“Infelizmente, estamos diante de uma segunda onda do coronavírus. Já determinei às nossas forças policiais o máximo de rigor para impedir a realização de festas na capital e no interior. Quero pedir o seu apoio, use máscara”, afirmou o governador.

Segundo Rui, mesmo com os esforços da Bahia, que possui a segunda menor taxa de mortalidade por conta da Covid-19 no país, a situação da pandemia no estado é preocupante.

“A pandemia tornou esse ano muito difícil e triste. Já são quase nove mil mortos na Bahia. Desde o início, trabalhamos incansavelmente, tratando a pandemia como uma verdadeira guerra a ser vencida”, disse.

Segundo boletim divulgado ontem (21) pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a Bahia já registrou mais de 471 mil casos de covid-19, com 8.835 óbitos. Um decreto anterior editado pelo governo proibiu a realização de shows e festas, públicas ou privadas, além de outros eventos e atividades com presença de público superior a 200 pessoas.

Veja o pronunciamento:

Da Redação- Luciano Reis Notícias, com Metro 1