Peru: Pedro Castillo é declarado presidente eleito mais de 1 mês após eleição

Mundo

O esquerdista Pedro Castillo foi enfim declarado segunda-feira (19) vencedor das eleições presidenciais peruanas e é, portanto, presidente eleito do Peru.

O Jurado Nacional de Eleições, órgão responsável pelo processo eleitoral do país, oficializou a vitória do candidato do partido Peru Livre sobre a direitista Keiko Fujimori mais de um mês depois do segundo turno. A posse está prevista para 28 de julho.

Keiko só disse nesta segunda, horas antes da proclamação do resultado, que reconheceria a vitória do adversário, mas manteve o tom duro: “Nossa defesa da democracia não termina com a proclamação ilegítima de Castillo”, criticou.

Castillo surpreendeu logo no primeiro turno, ao superar figuras tradicionais da política peruana em uma eleição bastante embolada. No segundo turno, ele enfrentaria Keiko Fujimori — herdeira do fujimorismo, corrente política de linha dura que dominou o Peru na década de 1990. A adversária disputaria a presidência pela terceira vez consecutiva.

Em 6 de junho, dia da votação, foi impossível declarar um vencedor. A apuração mostrava margens minúsculas de diferença entre os dois candidatos. Ao fim, Castillo terminou na frente com uma diferença de 44 mil votos, mas Keiko se recusou a aceitar o resultado, acusou o adversário de fraude e entrou com processos na justiça eleitoral. (G1 – Foto: AP Photo/Guadalupe Prado)

 

 

Da Redação- Luciano Reis Notícias, via Bahia na Política