Lei proíbe farmácias e drogarias de pedir CPF aos clientes

Brasil Saúde

O Estado de São Paulo tem uma lei, sancionada em março, que proíbe farmácias e drogarias de pedir o CPF aos clientes. A multa é de R$ 5.500,00. O entendimento dos deputados paulistas é que há uma manipulação das empresas que alegam que haverá descontos ao apresentar os dados. Na verdade, há o risco de essas informações serem utilizadas para outros fins. (Foto ilustração)

 

Da Redação- Luciano Reis Notícias, via Bahia na Política