General Heleno grava vídeo em defesa de Bolsonaro

Brasil Política
O chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, general Augusto Heleno (foto ilustração), postou na sexta-feira (10) um vídeo no Twitter em que defende o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Heleno diz que “alguns fatos deixaram muitos desanimados”. Ele continua dizendo que “a esquerda, apesar de sua passagem desastrosa pelo poder, segue unida e querendo voltar”, e que, “a esquerda sofreu também um duro revés: descobriu que o presidente Bolsonaro não tinha qualquer intenção de dar o golpe”.

No vídeo de 1 minuto e 14 segundos, Heleno afirma que o Bolsonaro “possui um formidável senso político” e está prestes a “completar mil dias de governo sem nenhum escândalo de corrupção e com inúmeras entregas”. A defesa de Heleno veio no mesmo dia em que outro general também saiu em defesa de Bolsonaro. O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, o general Luiz Eduardo Ramos, entrou na linha de defesa. Nas redes sociais, escreveu que o presidente “sempre disse que jogaria nas quatro linhas da Constituição”. “Mesmo assim, seus opositores o chamavam de antidemocrático.” Ramos se diz “surpreso ao ver muitos caírem no novo discurso opositor de ofensa ao presidente”.

Ambos atuam em resposta às duras críticas que Bolsonaro vem recebendo por parte de seus apoiadores mais radicais depois que divulgou uma “carta à nação”, escrita pelo ex-presidente Michel Temer (MDB), na qual afirmou que nunca teve “nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes” e que as declarações foram feitas no “calor do momento”.

Veja o que general Heleno diz no vídeo:

“Meus amigos e amigas, tenho uma mensagem para vocês. Não podemos desistir do Brasil. Alguns fatos deixaram muitos de nós desanimados. Isso não pode acontecer. A esquerda, apesar de sua passagem desastrosa pelo poder, segue unida e querendo voltar. Ela sofreu também um duro revés: descobriu que o presidente Bolsonaro não tinha qualquer intenção de dar o golpe. Nosso presidente possui um formidável senso político. Discordei dele algumas vezes e depois descobri que ele tinha razão. Ele quer um país que preserve as liberdades individuais, as instituições nacionais, a independência e harmonia dos Poderes, a paz e a democracia. Vamos completar mil dias de governo sem nenhum escândalo de corrupção e com inúmeras entregas. Temos tudo que precisamos para construir uma sociedade livre, próspera e feliz. Vamos em frente, unidos e confiantes. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!” (Carlos Eduardo Bafutto)

Da Redação- Luciano Reis Notícias, via Bahia na Política