Na estreia de Guto Ferreira, Bahia vence o Athletico-PR e deixa a zona de rebaixamento

Esportes

Na reestreia do técnico Guto Ferreira no comando do Bahia, a equipe encerrou um jejum de quadro jogos sem vencer e bateu o Athletico-PR, na noite deste sábado, por 2 a 0, na Arena da Baixada.

Os gols da partida foram marcados por Raí e Gilberto.

Com o resultado, o Tricolor baiano chegou aos 26 pontos e saiu da zona de rebaixamento. Agora, torce para um tropeço do Santos, diante do Grêmio, para terminar a rodada fora da degola.

O próximo compromisso dos comandados de Guto Ferreira será na terça, contra o Palmeiras, na Arena Fonte Nova. A partida marca o retorno da torcida aos estádios na Bahia.

 O JOGO

Logo no início da partida, Marcinho deu bobeira na saída de bola, Gilberto aproveitou e  frente a frente com Santos, bateu fraquinho, mas exigiu boa defesa.

A resposta do time da casa veio aos 24 minutos. Bissoli recebeu passe de Erick fora da área e chutou cruzado e levou muito perigo ao gol de Danilo Fernandes.

 

Foto: Divulgação/EC Bahia

 

Aos 33, Terans arriscou de longe, mas pegou mal na bola e Danilo Fernandes fez golpe de vista.

Sete minutos depois, Terans arriscou novamente e, dessa vez, exigiu boa defesa do arqueiro Tricolor.

Dois minutos depois, Gilberto desviou de cabeça e deixou Raí na cara de Santos. O atacante dominou, entrou na área e bateu rasteiro para abrir o placar.

Segundo tempo

Logo aos 4 minutos da segunda etapa saiu o segundo gol do Tricolor. Gilberto apareceu livre dentro da área e marcou o segundo para.

Aos 12, Danilo Fernandes sai errado, mas Bissoli não conseguiu colocar para dentro.

Dez minutos depois, Pedrinho apareceu livre e na pequena área e bateu de chapa. Danilo Fernandes, bem colocado, operou um verdadeiro milagre.

Aos 30, Kayzer recebeu dentro da área e soltou a paulada de direita. Danilo Fernandes fez mais uma boa defesa.

No lance seguinte, Pedrinho fez boa jogada pela esquerda e deu passe rasteiro para o meio da área. Pedro Henrique bateu de chapa, mas a bola foi fraquinha e facilitou a defesa do arqueiro do Bahia.

Dois minutos depois, Khellven apareceu bem no meio da área e chutou com a perna direita, mas a bola foi por cima do gol.

No último lance da partida, Nikão bateu firme de fora da área, mas a bola explodiu no travessão de Danilo Fernandes.

 

Da Redação- Luciano Reis Notícias, com BNews