Informação com precisão

Brasil registra primeira morte por varíola dos macacos

A primeira morte por varíola dos macacos no Brasil foi confirmada na sexta-feira (29) pelo Ministério da Saúde. De acordo com a assessoria da pasta, um homem de 41 anos morreu em um hospital de Belo Horizonte (MG) após ser contaminado por ter quadro de baixa imunidade. (Foto ilustração)

Em nota, o Ministério da Saúde afirmou que a vítima trata-se de um paciente do sexo masculino, de 41 anos, com imunidade baixa e comorbidades, incluindo câncer (linfoma), que o levaram ao agravamento do quadro. Ficou hospitalizado em hospital público em Belo Horizonte, sendo depois direcionado ao CTI. A causa de óbito foi choque séptico, agravada pelo Monkeypox.

A Organização Mundial da Saúde declarou, há seis dias, a varíola dos macacos como emergência de saúde pública de interesse internacional.

Conhecida internacionalmente como monkeypox, a doença, endêmica de regiões da África, já atingiu neste ano 20.637 pessoas em 77 países. Mais de 70% vêm da Europa e 25%, das Américas. No mundo, 5 mortes pela doença já haviam sido relatadas à OMS até quarta-feira (27).

No Brasil, já são 978 casos da doença, sendo 744 apenas em São Paulo. Nesta semana, a capital paulista confirmou os primeiros casos da doença em crianças.

São Paulo – 744

Rio de Janeiro – 117

Minas Gerais – 44

Paraná – 19

Distrito Federal – 15

Goiás – 13

Bahia – 5

Ceará – 4

Santa Catarina – 4

Rio Grande do Sul – 3

Pernambuco – 3

Rio Grande do Norte – 2

Espírito Santo – 2

Tocantins – 1

Mato Grosso do Sul – 1

Acre – 1. (band)

Da Redação- Luciano Reis Notícias, via Bahia na Política.
error: Content is protected !!