Informação com precisão

Paciente aguarda por regulação há mais de 15 dias no Hospital Regional Dantas Bião em Alagoinhas

Luciano Reis, é radialista com DRT-8242/BA

 

A jovem está internada desde o dia 18 de julho.

 

Apesar de não termos os números exatos de quantos pacientes estão na fila, esperando a transferência para uma unidade hospital em Salvador, na cidade de Alagoinhas (BA), sabemos que o quadro é crítico.

Um caso chama a atenção. Aos 18 anos, Ester Camylle Oliveira da Silva, espera por uma transferência há 17 dias que completam nesta quarta-feira (3.8), no Hospital Regional Dantas Bião (HRDB) para retirar uma pedra na vesícula que obstruiu o canal da bile.

Foto: Reprodução/Hospital Regional Dantas Bião

“Eu me encontro no Hospital Regional Dantas Bião em Alagoinhas, precisando de uma regulação para Salvador, só que a vaga nunca surge. Tenho que fazer um exame que se chama CPRE, procedimento para desentupir o canal da bile. Eu peço ajuda a quem puder interceder junto ao governo da Bahia. Tenho um filho de 2 anos que precisa de mim. Já tenho mais de 15 dias no HRDB e nenhuma resposta da regulação. Sempre que busco informações no setor, dizem que estão esperando a vaga, mas até hoje nada”, desabafou Camylle, em contato com o Luciano Reis Notícias.

A jovem está internada desde o dia 18 de julho.

Aos 18 anos, Camylle Oliveira da Silva, espera por uma transferência há 17 dias que completam nesta quarta-feira (3.8) no Hospital Regional Dantas Bião (HRDB) para retirar uma pedra na vesícula que obstruiu o canal da bile. Foto: Arquivo Pessoal

 

A vaga é disponibilizada pelo Sistema de Regulação do Governo do Estado.

A demora para a transferência sobrecarrega o sistema de saúde local, fazendo com que o hospital regional fique lotado. Ainda expõe os pacientes a uma espera exaustiva por tratamento adequado.

 

REGULAÇÃO ESTADUAL

O Sistema de Regulação Estadual é uma ferramenta do Governo do Estado que disponibiliza vagas em unidades públicas hospitalares conforme critério de gravidade e não proximidade, visando a democratização do acesso.

Para isso, o paciente atendido em uma unidade de urgência e emergência é avaliado e submetido a exames laboratoriais ou de imagem, de acordo com as condições clínicas.

Se comprovada a necessidade de assistência hospitalar, os profissionais da unidade solicitam a regulação no sistema, para que o paciente tenha a assistência adequada.

  • Ouça de segunda a sexta-feira, das 6h às 8h da manhã, na Rádio Ouro Negro FM 100.5, o Programa Primeira Mão para Alagoinhas, Catu e mais de 80 cidades, incluindo Litoral Norte e Agreste Baiano, Região Metropolitana e Salvador. Participe pelos telefones (75) 3199-0213- (71) 3838-8807- (71) 3641-6000.- (75) 9 8215-3827 (WhatsApp). Você pode ouvir também pelos aplicativos das Rádios Ouro Negro FM e Web 2 de Julho, no Rádios Net, além das lives na página da Rádio Web 2 de Julho, no Facebook: https://www.facebook.com/radio2dejulho e YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCfYzDju7325ZmPFHb35mI9g

 

Da Redação- Luciano Reis Notícias.

 

error: Content is protected !!