Informação com precisão

O melancólico fim da Rádio Globo

A partir de 1º de junho, a marca Rádio Globo só existirá na praça Rio de Janeiro. No comunicado enviado aos colaboradores, o comando do veículo de comunicação admite, em resumo, que o foco já vinha sendo apenas a versão carioca “desde julho do ano passado”. Em virtude de seguir tal estratégia, os responsáveis pela RG avisam que o foco será, em primeiro lugar, ter o público jovem da capital fluminense e região como audiência. A ideia, segundo divulgam, é “fortalecer a identificação” como esses ouvintes. 

Foto: Ilustração

Conforme descrito na nota da direção da Rádio Globo, o fim da emissora em São Paulo conclui o desfecho do programa de afiliadas mantido nos últimos anos. Apesar de registrar drástica queda de audiência com a implementação da chamada “Nova Rádio Globo”, o veículo angariou parceiros Brasil afora. O projeto chegou a ter, de acordo com o mesmo Cheni no Campo, cerca de 30 afiliadas espalhadas pelo país. No início do mês passado, além de RJ e SP, a marca aparecia em outras quatro praças: Blumenau (SC), Campo Grande (MS), Feira de Santana (BA) e Salvador (BA).

Da Redação- Luciano Reis Notícias, com Portal.comunique-se.com

error: Content is protected !!