‘Ninguém sabia que eles guardavam fogos’, diz prefeito de Crisópolis

Minha Bahia

O prefeito de Crisópolis, no nordeste da Bahia, onde uma casa que armazena fogos sem autorização explodiu quarta-feira  (13), disse que não tinha conhecimento prévio da atividade realizada no local.

Leandro Dantas (PSB), que assumiu a gestão da cidade em janeiro, disse ao Metro 1 não ter informações anteriores sobre o armazenamento de explosivos no imóvel e que o assunto será alvo de uma sindicância a ser instaurada pela prefeitura. “Não sabemos há quanto tempo isso existia. Estamos apurando junto aos órgãos envolvidos e vamos abrir uma sindicância para ver como a prefeitura pode atuar nesse caso”, disse o prefeito que aguarda a finalização da apuração junto ao corpo de bombeiros, defesa civil e polícia civil.

Foto : Metropress

Questionado sobre um trabalho prévio de fiscalização ou prevenção realizado pela prefeitura, Dantas disse não conhecer.  “Na estrutura da prefeitura não temos. Não que eu tenha conhecimento”, afirmou. O episódio de explosão no mesmo local, há 10 anos, também não era conhecido pelo prefeito, segundo disse Dantas.

 

Da Redação- Luciano Reis Notícias, com Metro 1